terça-feira, 25 de outubro de 2011

Descoberta.





Tinha as costas voltadas para onde Jamie deveria entrar e ouvi a assistência suster a respiração em conjunto logo que ela fez a sua aparição em palco. Antes, achava que a assistência estava silenciosa, mas agora estava completamente queda e muda. Nesse instante, do canto do olho e a um dos lados do palco, vi o queixo de Hegbert estremecer. Preparei-me para me voltar, e quando o fiz, percebi, finalmente, o que é que se passava.
Pela primeira vez desde que a conhecera, o seu cabelo cor de mel não estava apanhado. Em vez disso, caía solto, mais comprido do que imaginara, chegando-lhe abaixo dos ombros. Apresentava vestígios de um pó brilhante, que refletia as luzes do palco, cintilando como uma auréola de cristal. Contrastando com o vestido branco flutuante, feito exatamente à sua medida, era absolutamente espantoso de se ver. Não parecia a menina com quem eu havia crescido ou a menina que tinha vindo a conhecer recentemente. Tinha também um leve toque de maquiagem - não muito, apenas o suficiente para fazer realçar a suavidade das suas feições. Sorria docemente, como se estivesse a guardar um segredo junto ao coração, tal como o papel exigia.
Parecia mesmo um anjo.
O meu queixo decaiu um pouco e fiquei ali a olhar para ela durante o que me pareceu ser muito tempo, silenciado pelo choque, até, de repente, me lembrar que tinha uma frase para dizer. Respirei fundo, depois deixei sair lentamente.
- És bela - pronunciei por fim, e penso que toda a gente no auditório, desde as senhoras de cabelo azul, que estavam à frente, até aos meus amigos na fila de trás, sabia que eu
estava realmente a Falar a sério.
Pela primeira vez, tinha agarrado aquela frase.


 #Um Amor para Recordar - NICHOLAS SPARKS.