sábado, 9 de julho de 2011




Desci até Jesse e me sentei ao lado dele outra vez. 
— Minha nossa — falei. — Ela ainda está lá.

Jesse me olhou enquanto o luar brincava no pequeno sorriso em seu rosto.

— Você não pode culpá-la por estar interessada no seu irmão.

— Meio-irmão. E, sim, posso. Ele é um rato. E está com  ela na toca.

O sorriso de Jesse ficou mais largo. Até seus dentes pareciam azuis ao luar.

— Eles só estão jogando no computador, Suzannah.

—  Como é que você sabe? —  Então me lembrei. Ele era  um fantasma. Podia ir a qualquer lugar. — Bem, claro. Talvez na última vez em que você olhou. Quem sabe o que estão fazendo agora?

Jesse suspirou.

— Quer que eu olhe de novo?

— Não. — Eu estava horrorizada. — Não me importa o que  ela faz. Se Gina quiser ficar com um tremendo fracassado como o Soneca, não posso impedir.

— Brad também estava lá — observou Jesse. — Na última vez em que olhei.

— Ah, fantástico. Então ela está com dois fracassados.

— Não entendo por que você fica tão infeliz com isso. —  Jesse havia se deitado nas telhas, contente como eu nunca  tinha visto. — Eu gosto muito mais assim.

—  Assim, como?  —  reclamei. Não conseguia me sentir tão confortável quanto ele. As agulhas de pinheiro ficavam espetando minha bunda.

— Só nós dois — disse ele dando de ombros. — Como sempre foi. 


# Série " A Mediadora" - *Reunião, Meg Cabot.